Arquivo do blog

quinta-feira, 25 de março de 2010

Cotidiano Face 33



 
Este pequeno poema foi uma singela homenagem, de um espírito sem reservas, que  postei no Blog da Marli, numa postagem desta sobre o poder do sorriso, com a premissa de que ela me permita colocá-lo no meu blog, ai vai.

                                                                            *

Do sorrir...

Hoje acordei sorrindo,
como se incostumaz,
como se pioneiro,
assim permaneci...o dia inteiro.

Passava num espelho e via,
meu rosto resplandecia;
olhava na retina de outros olhos,
e percebia,
no foco, minha imagem,
irradiando alegria.

Num determinado momento,
como num entrevero emocional,
meu rosto sitia-se saudade,
e uma lágrima se expôe...
Digo-lhe: Ah! És derradeira.

Tristeza...vou deixando para tráz,
esquecidas,
arquivo-as nos sotãos do coração.

(verdade isso em mim...mazelas,
são omitidas, apago-as fácil,
sou homem de lembrar o amor,
não suas atrofias)

Mas a alegria,
ah, esta me contagia,
por isso estive sorrindo,
ao léu deixo uma dor, se esvaindo.

Vou me olhar mais no espelho,
aponto de cativar minha imagem,
fazê-la acontecer,
que perceba a tristeza se indo
quando vislumbrar meu próprio rosto...sorrindo!

4 comentários:

marliborges disse...

Perfeito! É tudo o que a gente quer. "Passava num espelho e via,//
meu rosto resplandecia;"
Amigo, tens razão a alegria resplandece, ilumina nosso olhar.
Bjssssss

Ally disse...

Como é incrivel o ser....nossa facilidade de nos modificarmos ou entao de superarmos nossas dores me inpressiona e me orgulha q sejamos todos assim.....sorrindooo sempre!!!


beijinhos Pai!

Nedi N. disse...

É Marli, o poder do sorriso pode sitiar até mesmo confrontos preconcebidos...
Quantas vezes nos confrontamos com situações em que percebemos este desejo, e, quando estamos afim de paz, o utilizamos, via de regra com sucesso...o sorriso quebranta em reação passiva.
abs

Nedi N. disse...

Filha, que bom te ver passando por aqui, e tens razão, somos fortes parecendo frágeis.
Ainda estou esperando tua impressão do capítulo do livro que coloquei no Blog...
Deve ser esta minha idade sex, mas as pedras do caminho, eu as utilizo para reorientar em crescimento a minha simplicidade...esta sim, no meu entendimento, a verdadeira chave para se viver em paz e feliz consigo mesmo.
bjs

Quem sou eu

Minha foto
Sou Nedi Nelson, como profissional abraço a contabilidade e nesta me realiza a auditoria; como pessoa sempre sublimei ler e escrever, a poesia é lugar comum, hoje vivencio o romancear; como hobby e paixão descobri as orquídeas, o estudo, o cultivo e por fim o descortinar de suas florações..e eis que minha alma transcende o poetar. Viver o entreabrir de uma orquídia me é palco sensível para deixar fluir o poema. A idéia é criar três seções específicas, uma para partilhar a palavra escrita, seja por meio de poemas, contos ou romance, estejam publicados ou não, que venham a ser publicados ou não; outra para cultuar, via fotografias e textos, as minhas orquídeas; e outra para falar de minhas viagens, via fotografias e textos, seja quando a trabalho nos contextos da auditoria, em minhas folgas, seja especificamente a lazer .

Seguidores